Notícia

Encaminhar esta notícia Imprimir esta notícia Aumentar fonte Diminuir fonte


13/06/2017

18ª Sessão ordinária é realizada nesta terça-feira (13/6)

 Na 18ª sessão ordinária realizada nesta terça-feira (13/6) na Câmara Municipal de Itapecerica da Serra, foram votados projetos e cobrados serviços públicos de qualidade.

 Na primeira parte do expediente foram votados requerimentos e moções do interesse da população Itapecericana, em especial a Moção de Repúdio 23/17, referente à PEC “Proposta de Emenda Constitucional” 287/16, que trata da reforma da previdência.

 Na segunda parte do expediente, em votação única, foi aprovado o  Projeto de Lei nº  1240/17 de  autoria  do vereador   Markinhos  da Padaria  que “ denomina  Rua  Achilles Meloni o logradouro público  que especifica”. Em votação única, foi aprovado o Projeto de Lei nº 1241/17,  de  autoria do  vereador  Allan  Dias que “dispõe sobre  a  obrigatoriedade do Cartório de  Registro  Civil  das pessoas  Naturais  e de  Interdições e Tutelas  de  Itapecerica da  Serra,  a  atender  os  registros  de óbito  com a prioridade devida, e dá outras providências”. Com aprovação em votação única do projeto de Decreto Legislativo nº  301/17  de  autoria da mesa  diretora que “regulamenta  a  lei  Complementar 40 de  15  de  março  de  2017”. E também aprovado em votação única o projeto de Lei  nº  1239/17  de  autoria  do   vereador  Presidente da Câmara Municipal Marcio Roberto, que “denomina  a  antiga rua “1” como  rua  Pedro  batista  Xavier, logradouro público que "especifica".                                                                 

 A sessão teve o pronunciamento de dois vereadores, Val Santos (PRB) e Zecas (PSB), Vice-presidente da Casa de Leis. O vereador Val Santos trouxe aos presentes no plenário imagens de obras em atraso ou mal executadas na cidade de Itapecerica da Serra pela empresa Shopsigns, nos slides do vereador foram apresentadas fotos de construções que não atendem ao que era previsto em contrato ou não podem ser usufruídas pelo munícipe por atraso na entrega, de acordo com o vereador. Zecas, discursou na tribuna sobre a necessidade de aumento do contingente da guarda municipal para aumentar a segurança da população, considerando as constantes queixas dos moradores do município na área de segurança pública.



.

.

.

.

.

.

.

.

.


Publicada por em 13/06/2017

Receba as notícias da Câmara em seu email

Copyright® 2017 - Todos os Direitos Reservados.| Desenvolvido por SINO Informática